Andar 8.900 passos por dia poderia diminuir os riscos de se ter Alzheimer, sugere estudo.

Caminhar pouco menos de 9.000 passos por dia pode ajudar a proteger o cérebro da doença de Alzheimer, afirmaram pesquisadores. Em um novo estudo publicado na revista JAMA Neurology, uma equipe de cientistas avaliou como a atividade física afeta a neurodegeneração em adultos mais velhos. Saiba mais: CIENTISTAS CRIAM JOGO QUE AJUDA A DIAGNOSTICAR ALZHEIMER E OUTRAS…

Este hábito diário pode reduzir as chances de você ter Alzheimer

Pesquisadores da Universidade de Bergen, na Noruega, descobriram que a bactéria que causa a gengivite pode ser decisiva para o desenvolvimento de mal de Alzheimer, doença que afeta a memória e outras funções cerebrais do ser humano. Saiba mais: PASSAR MUITO TEMPO SENTADO PODE AUMENTAR CHANCES DE ALZHEIMER, DIZ ESTUDO Saiba mais: ALCOOLISMO AUMENTA EM 3 VEZES CHANCE DE DESENVOLVER…

Aposentados escolhem viver em condomínio para idosos na Flórida

“Porque velho detesta frio, meu filho. Dói o joelho, o pescoço, as costas…” foi o que respondeu Dona Maria quando questionei a Flórida como destino para viver sua velhice. Saiba mais: OUVIR MÚSICA PODE REDUZIR OS SINTOMAS DA DEMÊNCIA: ENTENDA Saiba mais: 150 MINUTOS DE EXERCÍCIOS SÃO SUFICIENTES PARA RETARDAR ALZHEIMER Estamos acostumados a ver em filmes…