Quem somos?

O projeto Vovó Nilva nasceu de uma grande aventura. Foi durante a minha adolescência quando minha melhor amiga e avó recebera o diagnóstico de uma doença sem cura: Alzheimer, vivendo a partir daí a negação e a frustração de não poder curar quem eu mais amava. Tudo o que encontrei sobre Alzheimer na internet era extremamente negativo ou então muito técnico para um jovem vivendo os desafios de uma demência de aspectos tão complexos. Depois de anos enfrentando o lado negativo da doença, resolvi mudar. Larguei minha faculdade e meu trabalho para viver nossa última grande aventura, mas seria injusto guardá-la só para mim. Por meio das redes sociais decidi compartilhar nosso dia a dia de forma positiva e com bastante bom humor, encontrando assim meu próprio caminho com a ajuda das famílias que nos acompanhavam. O projeto cresceu, virou livros, site, canal e atingiu mais gente do que jamais imaginaríamos.

Essa página um convite para que você possa fazer parte dessa grande família, afinal de contas, o legado de vovó hoje é meu propósito de vida.

Muito embora o Alzheimer tenha me forçado releituras para o que eu conhecia como velhice, fragilidade, limitações, vida e morte, vovó Nilva me ensinou a viver através de nossos sorrisos.

O projeto Vovó Nilva tem como objetivo fomentar a colaboração entre profissionais, familiares cuidadores e institutos nacionais e internacionais no desenvolvimento de políticas e estratégias capazes de minimizar os efeitos negativos da demência em famílias como a nossa. Sempre há outra forma de viver o que parece ser o fim, ainda mais quando ele é na verdade um recomeço diário.

O neto

Jornalista e escritor, Fernando Aguzzoli é um Atlantic Fellow for Equity in Brain Health pelo Global Brain Health Institute na Trinity College Dublin, membro-diretor da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz RS), membro da World Young Leaders in Dementia (WYLD), da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) e Ponto Focal Temático em Comunicação e Envelhecimento no International Longevity Centre Brazil (ILC BR).

O jovem comunicador gaúcho mudou a forma como muitos brasileiros enxergavam a doença de Alzheimer. Tudo começou quando Fernando decidiu largar a faculdade de Filosofia na UFRGS e carreira para se dedicar aos cuidados de sua avó e melhor amiga. Juntos, Fernando e Vovó Nilva se aventuraram em redes sociais para contar um pouco desse inesquecível capítulo de suas vidas com bom humor e informação, transformando o estigma da demência no Brasil.

Autor do livro “Quem, eu?”, onde compartilha parte de sua aventura, Fernando também lançou outros três livros infantis entre Brasil, Argentina, Uruguai e Chile. “Vovô É Um Super-Herói” narra a admirável relação de um avô com Alzheimer e seu incansável neto companheiro. A obra foi escolhida em 2018 para integrar os títulos do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) Literário. “La Aventura de Hipo” e “Donde Esta La Abuela?”, lançados na América Latina, abordam desafios como doenças incuráveis e a morte com enredos envolventes. As obras infantis servem como ferramentas lúdicas para promover a intergeracionalidade ressaltando a importância de incluir as crianças em diálogos difíceis, tornando-os parte fundamental de todas as etapas daqueles que os amam.

Em 2019 Fernando foi selecionado como uma das lideranças globais em envelhecimento pelo Global Brain Health Institute (GBHI), onde ingressou como Fellow em um programa que visa preparar líderes em saúde mental.

Fernando utiliza storytelling para abordar questões essenciais na valorização das experiências humanas, trazendo técnicas retiradas de sua experiência pessoal para auxiliar familiares e profissionais da saúde na comunicação compassiva e na validação de suas emoções.

O palestrante TED x Fortaleza (2014) adquiriu experiência ao compartilhar sua aventura em mais de 100 cidades, 20 estados brasileiros e outros países entre Europa e América do Norte.